Fundo da barra de navegação
Expofacic 2018, um destino com mil ideias

Expofacic 2018, um destino com mil ideias

29 de Maio de 2018

Principais eixos do certame foram apresentados em 24 de maio

Os contornos definitivos da 28.ª Expofacic estão definidos e o sentimento dos responsáveis é o de que estão reunidas as condições para que haja uma dinâmica em linha com os êxitos das últimas edições. O certame realiza-se de 26 de julho a 5 de agosto e o programa global foi anunciado em 24 de maio, no decurso de uma sessão conduzida pela presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio, que esteve acompanhada por Idalécio de Oliveira, presidente do Conselho de Administração da INOVA-EM, entidade responsável pela gestão administrativa, financeira e logística do evento, e por Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal. 
A líder do executivo camarário cantanhedense e também presidente da comissão organizadora referiu-se à Expofacic, como “o maior evento do género em Portugal, uma grande realização que se posiciona com uma oferta para toda a família. As crianças, os jovens, os pais e os avós, todos encontram motivos de interesse à sua medida numa grande diversidade que aliás tem sido um dos fatores de sucesso, em função de um modelo de organização que nós estamos apostados em aperfeiçoar cada vez mais”, sublinhou.   
Para a autarca, “essa aposta passa pela crescente valorização de todas as vertentes do certame. O cartaz de espetáculos que inclui grandes artistas internacionais tem um efeito mobilizador que beneficia todos os setores, a começar pela grande feira de atividades económicas”, afirmou Helena Teodósio, que destacou também “a forte atratividade das incontornáveis tasquinhas, local de visita obrigatória que, além de proporcionar aos visitantes um autêntico roteiro gastronómico do concelho, funciona como ponto de encontro propício para a confraternização de famílias e grupos de amigos”.
A presidente da Câmara de Cantanhede considera que “a Expofacic é também a festa da cultura, das tradições e do património do concelho, uma festa em que as associações, as juntas de freguesia e as escolas cumprem exemplarmente o papel que lhes cabe, através de manifestações representativas da atividade que desenvolvem”.

Mil motivos um destino
Sobre os contornos específicos dos diferentes setores da Expofacic falou Idalécio Oliveira, presidente do conselho de administração da INOVA-EM, adiantando que “a comunicação e marketing do evento tem como lema ‘mil motivos, um destino’, explorando todo o potencial dos quatro eixos do evento: a música, a gastronomia, os negócios e as exposições”.
Segundo aquele responsável, o orçamento é de 1.600.000 euros, “prevendo-se uma arrecadação de receitas que permitirá assegurar a sustentabilidade financeira. O recinto de 95.000 m2 terá 600 espaços de exposição, dos quais cerca de 500 ocupados por empresas, sendo de destacar os sete palcos com oferta de animação diversificada. Além dos grandes concertos com bandas e artistas nacionais e internacionais, haverá DJ´s e espetáculos de stand-up comedy com alguns dos mais populares humoristas nacionais do género, bem como música, dança e outras manifestações artísticas”. 
Com um posto de primeiros socorros e hospital de campanha, acesso à internet em todo o recinto e circuito de televisão interno, o certame dispõe de 15 parques de estacionamento nas imediações do Parque Expo-desportivo de S. Mateus, estando assegurado o funcionamento do Expofacic BUS, que durante o evento terá seis linhas de ligação (ida e volta) a Coimbra, Figueira da Foz, Praia da Tocha, Praia da Barra/Aveiro, Praia de Mira e Oliveira do Bairro. A partida na origem destes percursos será às 19h00, 20h00 e 21h00 e o regresso às 1h45, 3h00 e 5h00.
Quanto ao preço das entradas, o bilhete diário tem o valor de 4 euros, com exceção do de 4 de agosto, que custa 10 euros, devido ao concerto do cabeça de cartaz, James Arthur, havendo ainda o possibilidade de obter uma poupança considerável com a aquisição do ingresso geral por 35 euros.

Expofacic: um produto turístico estruturado
A presidente da Câmara de Cantanhede considera “a Expofacic um produto turístico estruturado que gera receitas e estimula dinâmicas vantajosas para este setor a vários níveis, além de que dá a visibilidade que dá a alguns dos mais importantes fatores de atratividade turística do concelho e da região”.
Referindo-se a este aspeto, Helena Teodósio enfatizou o apoio da “Turismo Centro de Portugal como parceira que dá suporte institucional à forte dimensão turística da Expofacic”. A autarca dirigia-se a Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro, que respondeu destacando o interesse desta entidade “em se associar a um evento que tem um carácter distintivo, um ícone fortíssimo que tem na Região Centro um posicionamento alicerçado numa oferta orientada para todas as gerações e que tem todos os ingredientes para ser um grande certame, refletindo uma competitividade favorável aos negócios”. Para o responsável, “Cantanhede é um pulsar permanente na ligação à gastronomia e aos produtos endógenos, um pulsar presente na Expofacic, cuja dimensão nacional e internacional refletida no cartaz de espetáculos se enquadra naquela que é hoje a filosofia da Turismo Centro de Portugal”.  

Um cartaz de espetáculos para todas as gerações
No cartaz de espetáculos pontificam os britânicos Waterboys (31 de julho), que sob a liderança do carismático Mike Scott têm alimentado o culto de imensas legiões de fiéis seguidores em todo o mundo, e James Arthur (4 de agosto), cantor inglês que tem protagonizado nos últimos anos uma fulgurante carreira internacional. Em destaque são apontados também o “rapper” brasileiro Marcelo D2 (27 de julho), que se tornou célebre com as suas misturas de samba com hip hop e outras sonoridades da black music, e ainda os Dire Straits Experience (28 de julho), banda tributo que integra Chris White e Chris Whitten, ambos ex-membros da banda de Mark Knopfler,acompanhados por músicos com amplo currículo no suporte a artistas como Paul McCartney, Joe Cocker, Ray Charles, David Bowie, Tina Turner, Rod Stewart e Van Morrison, entre outros.
Na mesma noite que os Dire Straits Experience haverá uma revisitação aos temas de pop/rock dos anos 80 e 90 por alguns dos mais famosos cantores nacionais desse período, como Miguel Ângelo (Delfins), Xana (Rádio Macau), Lena d’Água (Salada de Frutas) Rui Pregal da Cunha (Heróis do Mar), Luís Portugal (Jáfumega), Ana Bacalhau e Samuel Úria.
A aposta na diversidade está bem patente no programa, que além dos cabeças de cartaz integra, entre outros, Slow J (na abertura, a 26 de Julho), Tony Carreira (29 de Julho), Piruka e HMB (30 de Julho), José Cid (na noite da atuação dos Waterboys, a 31 de Julho), Ana Moura (1 de Agosto), os Calema e Nelson Freitas (2 de agosto), Miguel Araújo e os Azeitonas (3 de Agosto, em concertos separados), Mastiksoul (na mesma noite que James Arthur, 4 de agosto) e os Xutos e Pontapés, no encerramento, a 5 de agosto. 


Exposições temáticas para todos os gostos
As exposições temáticas continuam a ser uma grande aposta no programa da Expofacic, este ano com algumas novidades que a organização acredita virão a reforçar a atratividade do certame. A vertente pedagógica está mais uma vez em evidência num variado leque de propostas pensadas para entusiasmar todos os elementos das famílias. 

Titanic The Reconstruction 
Pela primeira vez em Portugal, Titanic The Reconstruction é uma oportunidade para conhecer de muito perto o famoso transatlântico que naufragou na sua viagem inaugural, a 15 de abril de 1912, depois de ter colidido com um iceberg na noite anterior, vitimando 1.513 passageiros
Organizada em 10 módulos e muito bem documentada do ponto de vista histórico, a exposição mostra dezenas de motivos e recriações: uma maquete do navio em grandes dimensões, a reconstituição de uma das salas de primeira classe com as emblemáticas escadas de acesso ao hall, os camarotes e outros espaços decorados ao estilo da época, o mobiliário, os adornos, as peças e artefactos, tudo conjugado na criação de ambientes a que não faltam efeitos que induzem as sensações vividas a bordo. 
Na montagem de Titanic The Reconstruction participa o Exploratório – Centro Ciência Viva de Coimbra, entidade parceira da Expofacic que tem a seu cargo a adaptação ao contexto em que é apresentada.

Santo António de Lisboa
Em parceria com o Museu de Santo António de Lisboa, os visitantes poderão apreciar a maior exposição de estatuetas deste Santo. No total, são cerca de 500 peças de vários artesãos nacionais e internacionais, além de outros elementos que remetem para as tradições que lhe estão associadas.

O Vidro
Exposição sobre a arte de trabalhar o vidro pelos mestres vidreiros da Marinha Grande, com imagens sobre o processo e peças representativas desta atividade.

Animais Exóticos
Exposição de animais exóticos que inclui réteis e anfíbios (piton de sangue, tartaruga de esporas africana, jabuti de pata vermelha, rã leopardo) e aves de várias origens (araras, papagaios, catatuas, aratingas, lóris, agapornis).

Mundo Aquático
Numa mistura de cores, sons e formas, esta exposição de plantas, peixes e outras espécies aquáticas promete transportar os visitantes, formando ecossistemas representativos das zonas de onde são originários. 
 

Outras Leituras

Título da Notícia Expofacic 2018 - Êxito consumado
7
Ago
Expofacic 2018 - Êxito consumado
A edição 2018 da melhor Feira-Festa nacional terminou com casa cheia e um espetáculo de nível superior dos Xutos e Pontapés que sublinharam a ligação emocional que mantém com o Certame de Cantanhede, do público à organização.
Ler o artigo Expofacic 2018 - Êxito consumado completo
Título da Notícia James Arthur adorou a "hot night"
5
Ago
James Arthur adorou a "hot night"
A contagem decrescente para o final da Expofacic 2018 iniciou-se em grande estilo com um espetáculo de nível internacional que preencheu por completo o recinto do Palco 1 e levou James Arthur a abrir a boca de espanto numa "really hot night" que não esquecerá tão cedo.
Ler o artigo James Arthur adorou a "hot night" completo
Título da Notícia Marcelo Rebelo reconhece e elogia o mérito da Expofacic
5
Ago
Marcelo Rebelo reconhece e elogia o mérito da Expofacic
O primeiro Presidente da República a visitar a Expofacic elogiou o percurso e a missão da Expofacic ao longo de 27 edições, salientando o crescimento e o processo - coroado de êxito - de afirmação do Certame de Cantanhede.
Ler o artigo Marcelo Rebelo reconhece e elogia o mérito da Expofacic completo